Março de 2006 - Janeiro de 2009

16
Mai 06

Steven Spielberg disse um dia que a época que mais o fascinava eram os anos 30 e 40 do século XX. É um pouco obvio, se prestarmos atenção ao numero de filmes, sobre aquele período , que ele realizou ou produziu. "Império Do Sol", "A Lista de Schindler " e os vários "Indiana Jones " são alguns exemplos disso. Assim já posso dizer que eu e o conceituado realizador temos algo em comum, já que nunca tive jeito para a realização e acho que usar barba durante toda a vida deve ser cansativo à brava, especialmente no Verão ou sempre que se come caldo verde.

Foi um período altamente intenso onde havia algo em que lutar, acreditar ou pensar, quer estivesse certo ou errado. Onde a necessidade de sobrevivência fez criar dentro de todos um espírito de luta. Esta era criou lutadores, homens de barba rija.

Mas tristezas e amarguras à parte, é incrível como os tempos mudaram.

Alguem consegue imaginar o Frank Sinatra e o Nat King Cole no ginasio a fazer duas horas de bicicleta, logo seguidas de mais 43 minutos de passadeira, tudo isto ao som da Radio Capital? Qual quê, um homem naquela altura fazia exercício a malhar garrafas de Whisky e a comer prostitutas carregadas de sifilis e gonorreia. Isso sim era macheza .

Não é como hoje em dia, em que para uma mulher reparar em nós, temos de usar a linha completa de produtos da Yves Rocher e suar que nem uns porcos num apartamento em Miraflores, com vista para a A5 , a que ainda por cima têm a lata de chamar heath club . Onde é que, estar fechado num prédio a 30 km de qualquer vestígio de ar puro pode significar saúde ? Quando o Humphrey Bogart foi para África fazer, o filme, "Rainha Africana", só ele e o realizador John Huston não ficaram doentes, devido à fraca qualidade da agua. Porquê? Porque nunca beberam agua durante todo o tempo que lá estiveram a filmar. Lá está. Ficaram cheios de saúde e não precisaram de ginásio nenhum.

De todas as personalidades deste período aquela que sempre mais me fascinou foi Winston Churchill. Estadista e primeiro-ministro inglês durante a II Guerra Mundial, pertenceu a uma raça de políticos que já não existe. Frontais, directos, incoerentes e acima de tudo, cheios de defeitos. Hoje em dia o que temos? Tony Blair ou José Sócrates que, apesar de eu não desgostar de nenhum, parecem mais robôs com aparência de seres humanos do que gente real. Limpos, imaculados, sem falhas, quase que virginais. E ninguém é assim a não ser que queira esconder algo.

publicado por Velho Jarreta às 21:04

2 comentários:
Para além de que não concordo nada e não querendo dar o ar de feminista!... Imagina a cena:
[Error: Irreparable invalid markup ('<uma [...] depilação>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Para além de que não concordo nada e não querendo dar o ar de feminista!... Imagina a cena: <UMA mistura!!! à mijo e wisky de cheiro um ela com traz bastasse, não se como fazer por depilação a cavalo cheirar suada ela... Entra repente! que eis cara!)... está seda (sim, cetinado lençol o apenas existia pele tua Sobre deitado. ansiosamente, Esperavas Chaves. Soraia para moranguinhos uns champanhe garrafa Uma ar. no incenso velas quente, noite>CHEGA!!!!! Isto era tortura , para a mulher que coitada já não chegava ter de estar a limpar a pu .. da casa o dia todo e nem uma queca decente tinha!!! DASS ... Fiz-me entender.
Floopy a 2 de Julho de 2006 às 18:32

ok, saiu tudo trocado... este blog bloqueou o meu texto... porque será!!!!
Floopy a 2 de Julho de 2006 às 18:33

Maio 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19
20

21
22
23
25
26
27

28
29
31


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO