Março de 2006 - Janeiro de 2009

16
Dez 08

Estou naqueles dias da merda. Em que só nos apetece fazer como o Ralph Fiennes na lista de Scindler. Acordar, ir até à varanda e, com o precioso auxílio de uma espingarda de sniper e uma mira de precisão. começar a aviar quem nos apetece. Um balázio na cabeça daquele porque vai de gorro, outra naquele porque não vai, um tirinho no peito do outro lá ao fundo para não ter a mania de ir no meio da estrada e qualquer outra razão que nos ocorra.

Quem é que nunca teve esta vontade? Ah não?!? Então pronto, esqueçam lá esta história. Em todo o caso, eu estava a brincar. Acham que eu era capaz de ir a um armazém em Moscavide comprar uma carabina e pôr-me à janela a fazer pontaria enquanto repito incessantemente “Eu sou um anjo do inferno” ao som de “Vaca de Fogo” dos Madredeus? Nem pensar, aquilo nem era bem um armazém, era mais um anexo. Mas adiante.

Inexplicavelmente, ou talvez não, há dias em que não estamos de bem com o mundo. Para algumas pessoas há décadas em que não estão bem com o mundo. Mas cada um vive como pode e sabe e há que respeitar isso. Também há quem haja que está sempre bem disposto, o que pode ser ainda mais irritante. Senão vejam o caso daquelas pessoas que num dia semana chegam ao trabalho e estão com um sorriso nos lábios a dizerem, bem alto e nos teus olhos, um valente bom dia. Será que para aquela pessoa não é terça-feira e não serão oito da manhã? Sinceramente, não vos apetece puxar de uma 6.35 e encher-lhe aquela boca sorridente de chumbo? Ah pronto. Afinal aquilo do Ralph Fiennes a fazer tiro ao alvo numa varanda não é tão despropositado.

Seja como for e porque razão, o que é um facto é que há dias em que estamos mal dispostos. E temos direito a isso. Porque raio é que eu hei de estar bem disposto? Se for a ver a bem há montes de razões para estar revoltado. E se for a contabiliza-las davam para encher um rolo de papel higiénico. Quer pela sua dimensão, quer pelo seu carácter viscoso.

Como tal, resta-me apenas desejar-vos um resto de bom dia. Se por acaso estiverem na mesma onda que eu, não se preocupem. Isto passa, amanhã já estão bons. Quer dizer, estão bons desde que não passem hoje pela minha rua. É que vou agora até à varanda preparar-me para o campeonato do mundo de tiro ao alvo. Um abraço deste vosso amigo. 

publicado por Velho Jarreta às 18:49

comentário:
Hoje tou naqueles dias de merda...
O típico dia depois de não teres dormido um peido furado por causa da merda das obras do cabrão do vizinho de cima.
"Bom dia?"... "Bom dia mas é o caralho... vai sacar o bom dia à quinta pata do cavalo, mórmon... gay!"
...esse tipo de dias :/
Suricata a 19 de Dezembro de 2008 às 15:26

Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

15
18
19
20

22
23
24
25
26
27

30
31


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO