Março de 2006 - Janeiro de 2009

30
Jul 08

As diferenças entre homens e mulheres são demais evidentes e conhecidas à séculos. Daí a minha surpresa de recentemente ter entrado numa papelaria e ter lido, de relance numa revista feminina, o seguinte titulo “Como agradar a um homem?”.

Estão a gozar comigo? Só podem. Em que estado estão as mulheres para precisar de aconselhamento por parte de um monte de lixo em formato A4? Já folheei folhas de bosta desta especialidade literária e jornalística e interrogo-me sobre quem é que escreve esta merda. Quem é que serão os frustrados, descompensados e pretensiosos ignorantes que colocam estas barbaridades em papel?
Como agradar a um homem? Eu poupo-vos 3 euros e espaço na mala. Nós homens somos os seres mais básicos à face da terra. Uma amiba tem um comportamento mais complexo que nós. E somos sempre assim. Há quem diga que as mulheres se desenvolvem mais depressa que os homens. Eu sei que ouviram esse mito n vezes mas é completamente falso. As raparigas não se desenvolvem mais cedo ou mais tarde que os rapazes. Elas desenvolvem-se e nós não. Nós chegamos aos 7 anos de idade, já sabemos ir à casa de banho sozinhos, jogar futebol, dizer palavrões, conduzir uma bicicleta e comer rudimentarmente de faca e garfo. E isso chega.
Por muitos anos que se viva a evolução é meramente ilusória. Um disfarce para que nos aceitem em sociedade. Querem agradar a um homem? Chupem-lhe a pila regularmente e não lhe chateiem muito os cornos. Pronto, está feito. É isso. Simples e claro como água.
Mas voltando às revistas femininas. Não passam de um monte de merda escrito por uns montes de merda. Só servem para vos fazerem sentir feias, gordas e desinteressantes. E com isso levarem-vos a gastar rios de dinheiro em mais merdas que não servem para pôrra nenhuma.
Convençam-se da realidade de uma vez por todas. Isso é que dava um bom artigo informativo. Em vez de escreverem sobre com quem é que o Ronaldo e a Nereida se andam a encornar esta semana ou quais as dez melhores maneiras de decorar umas havaianas deviam era escrever sobre como voltar a ter os pés assentes na terra. Isso sim é que nos faz falta. Tanto às mulheres como aos homens.
Andamos todos a viver um mundo imaginário criado para sentirmos permanentemente que não somos e não temos nada. E enquanto acreditarmos que essa é a realidade, certamente assim o seremos.
publicado por Velho Jarreta às 18:33

Desculpa a invasão... Mas não pude deixar de comentar...
Ainda bem que nem todos os homens são assim primitivos...
Mas confesso que fiquei com uma certa curiosidade em saber a tua teoria sobre "Como agradar uma mulher"...
Liliane a 5 de Setembro de 2008 às 21:08

É curioso ser acusado de primitivismo quando a única coisa que conseguis-te reparar e reter em todo este texto é uma alarve referencia a broches.
Caso tivesses dado ao trabalho de ler e compreender alguma coisa irias ver que não é de homens sequer que estou a falar.
Admito que o titulo pode induzir em erro mas como em tudo na vida devemos sempre ver as coisas em mais cores que o preto e o branco.
Eu compreendo que julgar o livro pela capa é bem mais confortável mas pode levar a interpretações erradas.
Em todo caso, terei todo o gosto a satisfazer a tua curiosidade sobre como satisfazer uma mulher.
Até breve.
Velho Jarreta a 8 de Setembro de 2008 às 12:36

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO