Março de 2006 - Janeiro de 2009

06
Abr 06

A 13 de Maio de 1917 ocorreu a primeira aparição de Nossa Senhora na Cova Da Iria, e esse acontecimento iria mudar para sempre a vida de uma jovem chamada Lúcia. Esta criança, a quem se avizinhava uma brilhante carreira no ramo pastoreio, juntamente com outros dois colegas de profissão, tiveram uma visão divina. Num pais normal, Lúcia tornar-se-ia uma celebridade, com direito a participar em talk shows, editaria livros, criaria uma linha de roupa com o seu nome e faria publicidade a aparelhos de ginástica. Passando dentro de pouco tempo a viver dos rendimentos, com um apartamento com vista para o Tejo e uma vivenda na Quinta Do Lago. Mas não, teve o azar de ter nascido em Portugal, e como tal, em vez de uma vida de glamour, passou o resto dos seus dias enclausurada. Pergunto eu, mas que mal fez esta mulher? "Ah e tal, eu sou a irmã Lúcia e vi a Nossa Senhora." "Ai minha rica menina, muito bem. Como prenda vais ficar fechada num claustro para sempre.".

Que raio de vida, sinceramente, só neste país deprimente é que nos acontece isto. Mais valia enviarem-na pelo mundo fora, como forma de impulsionar a imagem de Portugal no estrangeiro e promover o turismo. Em vez disso ficou fechada, ali a andar de um lado para o outro, com poucas ou nenhumas pessoas a passarem por lá. Nem Nossa Senhora a foi visitar lá! Agora imaginem a seca daquele sitio, para uma divindade nem pôr lá os pés. Foram lá os papas, um ou outro dirigente politico e o Mel Gibson, o que não deixa de ser irónico. Aposto que há milhões de pessoas no mundo que queriam conhecer este senhor, e a quem é que vai calhar a sorte? A uma pessoa que nunca viu um filme. De certeza que quando ele chegou, ela ficou a olhar para ele e "Muito prazer. Quem é este gajo? Mel quem? Então adeuzinho e felicidades.". Nunca poderia dizer "Eh pá desde o Braveheart que você não faz um filme de jeito", porque nunca saiu dali.

Então e os outros dois? Sim, os outros pastorinhos? Aposto que emigraram a tempo de evitar uma vida parva que a irmã Lúcia, e todos nós temos de viver, neste nosso Portugal.

publicado por Velho Jarreta às 16:11

Abril 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
13
14
15

16
18
19
20
22

23
25
26
27
28
29

30


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO