Março de 2006 - Janeiro de 2009

09
Jan 08
É um facto, e, como é sabido, contra factos não há argumentos. Não é um daqueles assuntos onde se justifique divergências de qualquer ordem. Não deverão existir segundas opiniões, terceiras vias ou quartas-feiras. Não se aplicam virgulas ou “mas”.
Para além de ser um raciocínio certo, é também rápido e universal. Qualquer indivíduo assimila e compreende esta informação de forma imediata. Não é preciso saber ler nem escrever. Nem sequer concluir a quarta classe e muito menos tirar um curso superior. Ter um QI de 200 ou ser assinante do 24 Horas garante a mesma resposta. Tanto um macho ao nível do forcado Fernando ou alguém que considere os Culture Club a melhor banda de todos os tempos sabem exactamente a mesma coisa. O quê? Que a Sónia Araújo é muito boa.
Pois é. É boa, mas mesmo boa, daquele boa que não deixa margem para dúvidas. Um boa com b grande, ou melhor, com B grande. Boa mesmo. Nem vale a pena entrar em pormenores, toda a gente entende e basta só dizer que ela é boa que a discussão fica terminada.
E não é de ontem. Ela é boa à montes de tempo. Nem sei à quantos anos temos o gosto de a ver nas manhãs da RTP. Seja a entrevistar o presidente da associação cultural e recreativa de Vale da Burra, os membros da confraria do espadarte ou a apresentar o último álbum do Clemente, ela lá estava, está e estará ao seu melhor nível (podres de boa, entenda-se).
Ela é boa à tanto tempo que a minha geração começou nas lides da masturbação apreciando esta obra-prima. A ver a Praça da Alegria, sempre a falar com a televisão pedindo ao Goucha, de forma mais ou menos educada, para sair da frente que estava a tapar a vista. Ela não foi a única, é óbvio. Seria profundamente injusto esquecer o contributo de Alexandra Lencastre na Rua Sésamo e o desenvolvimento hormonal de todas as nossas colegas de escola. Mas o que conta é que ela lá estava, simpática, a sorrir para nós. Como que a agradecer pela nossa dedicação e admiração.
E agora até dança, tão bem que até ganha concursos. Claro que ganha, ela é tão boa. Eu não percebo nada de dança e votava nela. Com que critérios? Um e só um e chega. A mulher é boa, todos os dias. Acho eu que chega. 
Não me venham é com aquela conversa de que há montes de gajas mais boas do que ela pelo mundo fora. E que aquela tipa lá do meu serviço é ainda melhor e tem mais mamas. Ninguém está a dizer o contrário. E como dizia a D. Teresa Guilherme, isso agora não interessa nada. O que interessa é que aSónia Araújo é muito boa. E é só isso que eu afirmo. Nem mais nem menos. Eu não estou a dizer que ela é o ser mais belo que alguma vez palmilhou estas ruas ou a reencarnação da Virgem Maria de visual actualizado. O que eu estou a dizer é que ela é boa. E pronto, já disse.

 

publicado por Velho Jarreta às 00:34

4 comentários:
APOIADO
Flip a 9 de Janeiro de 2008 às 12:02

Mas é que é mesmo, mesmo, mesmo, mesmo BOA ?!?!?!
Piri a 9 de Janeiro de 2008 às 14:17

É mesmo muito BOA...que gaja boa...é única!!! LOL
JPSantarem a 14 de Janeiro de 2008 às 22:05

Homens!:))
Stéphanie a 16 de Janeiro de 2008 às 00:53

Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
17
18
19

20
21
22
24
25
26

27
28
29
31


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO