Março de 2006 - Janeiro de 2009

21
Dez 08

É aquilo que eu menos gosto do Natal. E não pensem que é algum resto do meu esquerdismo a vir ao de cima. Não se trata de uma critica ao consumismo, nem duma forma de protesto ou maneira de estar em sociedade. Pura e simplesmente acho que se é para gastar dinheiro em merda mais vale não gastar. Porque é disso que estamos a falar. Merda, merda e mais merda, embrulhada em papel colorido. Que outro nome podemos dar aquilo?

Ou são as clássicas meias de lã aos losangos e as camisolas interiores ou então garrafas de whisky martelado. Pior. Qualquer coisa que nunca sabes bem para que serve mas que te dizem que é para o enxoval. Para que é que eu quero um enxoval se não tenho dinheiro para comprar uma casa? Se me querem oferecer alguma coisa de jeito ofereçam-me um T4 na Lapa. Isso sim, isso deixava-me contente. Agora uma terrina para molhos. Que bom, dá-me um jeito do caralho. Eu até tenho por habito receber embaixadores lá em casa e tudo. Eu tenho uma teoria que qualquer coisa que só seja para ser utilizada num jantar formal não tem utilidade nenhuma. Tanto faz ser um talher para mariscos ou uma aba de grilo. Não passam de merdas que só servem para ocupar espaço lá em casa.

Será que não há a possibilidade de uma vez na vida termos aquilo que queremos no Natal? E esqueçam os apartamentos com vista para o Tejo. O que queremos por vezes não tem preço e é muito mais bonito e simples.

 

publicado por Velho Jarreta às 14:12

Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

15
18
19
20

22
23
24
25
26
27

30
31


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Nº de pessoas presentes
Nº de leitores
free hit counter
hit counter
blogs SAPO