Março de 2006 - Janeiro de 2009

21
Dez 08

O último prego no caixão da carreira de um artista ou de uma banda é um álbum natalício. Editar um álbum de Natal é assumir perante o seu público que esgotou até às últimas possibilidades qualquer rasgo criativo que pudesse alguma vez ter. É declarar a sua morte artística e que a partir de agora por aqueles lados só sairá música de merda. Jamais voltarão a ouvir algo de minimamente interessante.

Por esta descrição ficamos com a ideia que montes de gente começou a carreira por lançar álbuns de Natal. Mas esses não. Esses eram, são e continuaram a ser uma grandiosíssima merda. Como todas as regras têm uma excepção refiro a seguinte. Estão desculpados o Tony Bennet, o Frank Sinatra e o Dean Martin. Neste espaço não se permite qualquer comentário pejorativo a nenhum destes senhores. Se alguém o fizer, em jeito de comentário, não fiquem espantados se um dia vos aparecerem à porta dois senhoras de fato, com a missão de operar-vos às rótulas.

Como tal, para deixar uma musiquita de Natal que seja mais ou menos tolerável, decidi apresentar-vos o seguinte. Nat King Cole e Frank Sinatra interpretando “The Christmas Song”. Não, não tem videoclip. Na altura não havia nada disso. E figuras deste calibre passam muito bem sem paneleirices. Mas tem no seu lugar uma montagem de postais de Natal que é muito lindo para ver com toda a família. Deve ser a única coisa neste espaço que dá para ver com a pequenada, por isso aproveitem.

 

publicado por Velho Jarreta às 14:11

Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

15
18
19
20

22
23
24
25
26
27

30
31


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Nº de pessoas presentes
Nº de leitores
free hit counter
hit counter
blogs SAPO