Março de 2006 - Janeiro de 2009

14
Dez 08

Quando entrei na adolescência (quarta-feira passada portanto. Uma das minhas aspirações para 2009 é ter pêlos púbicos) uma banda marcou-me profundamente. The Smiths. Por essa altura já tinham cessado actividades mas o seu carácter imortal avizinhava-se com facilidade. Apesar do seu sucesso, eram, como o são ainda hoje, venerados como um objecto de culto.  E é fácil perceber porquê. Recordados com uma das mais importantes bandas da história musical inglesa, os Smiths conseguiram num curto espaço de tempo deixar um legado que se mantém tão fresco e valioso com no primeiro dia.

Apesar da sua riquíssima obra, uma música sempre se destacou. Recordo-me que das primeiras vezes que a ouvi. Achava que era das melhores alguma vez escritas. E ainda hoje sinto o mesmo, e com redobrada certeza.

A melodia assume algo de mágico. Como todas as grandes obras eleva-nos para outro estado de consciência. E aquela letra. Repleta de brilhantismo e originalidade. Profundamente deprimente, mas lembrando sempre que há uma luz que nunca se apaga. Minhas senhoras e meus senhores, The Smiths com “There Is A Light That Never Goes Out”.

Take me out tonight
Where theres music and theres people
And theyre young and alive
Driving in your car
I never never want to go home
Because I havent got one
Anymore

Take me out tonight
Because I want to see people and i
Want to see life
Driving in your car
Oh, please dont drop me home
Because its not my home, its their
Home, and Im welcome no more

And if a double-decker bus
Crashes into us
To die by your side
Is such a heavenly way to die
And if a ten-ton truck
Kills the both of us
To die by your side
Well, the pleasure - the privilege is mine

Take me out tonight
Take me anywhere, I dont care
I dont care, I dont care
And in the darkened underpass
I thought oh god, my chance has come at last
(but then a strange fear gripped me and i
Just couldnt ask)


Take me out tonight
Oh, take me anywhere, I dont care
I dont care, I dont care
Driving in your car
I never never want to go home
Because I havent got one, da ...
Oh, I havent got one

And if a double-decker bus
Crashes into us
To die by your side
Is such a heavenly way to die
And if a ten-ton truck
Kills the both of us
To die by your side
Well, the pleasure - the privilege is mine

Oh, there is a light and it never goes out
There is a light and it never goes out
There is a light and it never goes out
There is a light and it never goes out
There is a light and it never goes out
There is a light and it never goes out
There is a light and it never goes out
There is a light and it never goes out
There is a light and it never goes out

 

publicado por Velho Jarreta às 16:55

Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

15
18
19
20

22
23
24
25
26
27

30
31


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Nº de pessoas presentes
Nº de leitores
free hit counter
hit counter
blogs SAPO