Março de 2006 - Janeiro de 2009

26
Dez 07
                                      Bem, uma vez numa conversa de café concluímos que a situação que mais se aproxima disso seria estar todo nu, ao sol, numa cadeira de praia, à beira de uma piscina, com um cigarro numa mão e uma cerveja gelada na outra, enquanto duas búlgaras nos chupam a pila. E para ser sincero é uma excelente definição. Não sei se será a tal felicidade de que todos falam mas pelo menos seria uma tarde muito bem passada.
Como é óbvio nunca ninguém terá resposta para tal questão. Como tal, vamo-nos concentrar em estar todo nu, ao sol, numa cadeira de praia, à beira de uma piscina, com um cigarro numa mão e uma cerveja gelada na outra, enquanto duas búlgaras nos chupam a pila, que, sejamos honestos, tem muito mais interesse.
Não querendo excluir as minhas leitoras da agradável sensação de estar todo nu, ao sol, numa cadeira de praia, à beira de uma piscina, com um cigarro numa mão e uma cerveja gelada na outra, enquanto duas búlgaras nos chupam a pila, peço-vos para, mentalmente, encontrarem um equivalente, que mais vos agrade, a estar todo nu, ao sol, numa cadeira de praia, à beira de uma piscina, com um cigarro numa mão e uma cerveja gelada na outra, enquanto duas búlgaras nos chupam a pila, de modo a melhor compreenderem este cenário. Especialmente em relação à pila.
Dito isto, o que podemos dizer sobre a agradável sensação de estar todo nu, ao sol, numa cadeira de praia, à beira de uma piscina, com um cigarro numa mão e uma cerveja gelada na outra, enquanto duas búlgaras nos chupam a pila? Muita coisa certamente. Antes de mais, para melhor analisarmos esta situação, separemos por áreas a agradável sensação de estar todo nu, ao sol, numa cadeira de praia, à beira de uma piscina, com um cigarro numa mão e uma cerveja gelada na outra, enquanto duas búlgaras nos chupam a pila.
O que aqui temos é mais um caso clássico do todo ser superior à soma das partes. Isto é, se contabilizássemos em separado os vários prazeres na agradável sensação de estar todo nu, ao sol, numa cadeira de praia, à beira de uma piscina, com um cigarro numa mão e uma cerveja gelada na outra, enquanto duas búlgaras nos chupam a pila, não conseguiríamos atingir o nível de satisfação que tudo isto nos proporciona quando ocorre ao mesmo tempo.
Há algo na agradável sensação de estar todo nu, ao sol, numa cadeira de praia, à beira de uma piscina, com um cigarro numa mão e uma cerveja gelada na outra, enquanto duas búlgaras nos chupam a pila, que nos eleva para um estado de profunda satisfação com a vida e com o mundo que nos rodeiam. Mesmo que esse mesmo mundo se limite à agradável sensação de estar todo nu, ao sol, numa cadeira de praia, à beira de uma piscina, com um cigarro numa mão e uma cerveja gelada na outra, enquanto duas búlgaras nos chupam a pila.
publicado por Velho Jarreta às 16:31

Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

16
17
18
20
21
22

23
24
25
27
28
29

30
31


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Nº de pessoas presentes
Nº de leitores
free hit counter
hit counter
blogs SAPO